Fale conosco pelo WhatsApp

Cirurgia de hernia incisional: Como é feita?

aparencia fisica de uma hernia incisional
26out, 2021

A cirurgia de hérnia incisional é a única abordagem que permite o tratamento definitivo da condição, independentemente da gravidade do quadro

 A hérnia incisional consiste em um orifício pelo qual ocorre o extravasamento do conteúdo interno do abdômen por meio de uma abertura que surge em uma cicatriz anterior localizada na parede abdominal, como decorrente de cirurgia bariátrica, cesárea e outras.

A cirurgia de hérnia incisional pode ser o tratamento mais adequado ao caso, mas apenas a avaliação de um cirurgião especializado no aparelho digestivo poderá confirmar o diagnóstico e a melhor abordagem. Saiba mais a seguir.

Quando o tratamento cirúrgico para hérnia é indicado?

O único tratamento disponível para a condição é a cirurgia de hérnia incisional. Dessa forma, mesmo pacientes nos quais o caso não é grave ou urgente precisarão recorrer ao tratamento cirúrgico para solução do problema.

O que pode variar é a urgência ou não de fazer a cirurgia de hérnia incisional. Normalmente, a emergência ocorre quando há muita dor ou agravamento do quadro, como por meio do estrangulamento ou encarceramento da hérnia.

Essas condições consistem na alteração do fluxo sanguíneo do órgão e pode levar à morte dos tecidos. Alguns sintomas das complicações da hérnia incluem:

  • Febre;
  • Dor intensa;
  • Náuseas e vômito;
  • Dificuldade para urinar;
  • Alterações gastrointestinais, como prisão de ventre ou diarreia.

Caso não haja complicações do quadro, a cirurgia de hérnia incisional ainda pode ser indicada, mas com a possibilidade de se planejar o procedimento para um momento mais conveniente ao paciente e com controle temporário dos sintomas por meio de medicamentos.

Como é feita a cirurgia de hérnia incisional?

A cirurgia de hérnia incisional pode ser feita com três técnicas distintas de acordo com as orientações do médico responsável. São elas:

  • Cirurgia aberta: consiste na técnica tradicional pela qual o cirurgião faz uma incisão externa para acessar à hérnia incisional, reposicioná-la dentro da cavidade abdominal e fechar o orifício, utilizando uma tela cirúrgica para reforçar a parede abdominal e evitar a reincidência;
  • Cirurgia laparoscópica: nesse caso, o objetivo da cirurgia é o mesmo, reposicionar a hérnia no local de origem e fechar o orifício, mas para acessar o local são feitas três a quatro pequenas incisões que são usadas para inserir o laparoscópio (câmera) para visualizar e iluminar as estruturas internas e instrumentos para manusear os órgãos e demais estruturas;
  • Cirurgia robótica: a cirurgia robótica é muito semelhante à laparoscópica, no entanto, o manuseio dos instrumentos cirúrgicos é feito pelo cirurgião através de um robô com ampla capacidade de movimentos e precisão dos mesmos, além de proporcionar ao cirurgião uma visão 3D do interior do abdome.

Tanto a cirurgia laparoscópica quanto a robótica resultam em menor trauma cirúrgico dos tecidos adjacentes, geralmente favorecendo uma recuperação mais rápida.

No entanto, a definição da abordagem cirúrgica feita pelo cirurgião levará em consideração diferentes fatores, como a gravidade e urgência do caso, estado de saúde do paciente, localização da hérnia, tamanho dela, órgãos envolvidos, entre outros.

Quais os cuidados antes e depois da cirurgia de hérnia?

Apesar de ser um procedimento bastante seguro e rotineiro para especialistas em hérnia, existem cuidados antes e depois que aumentam a segurança da técnica. Eles incluem:

  • Buscar auxílio de um cirurgião do aparelho digestivo especializado no tratamento de hérnia;
  • Fazer os exames pré-operatórios, como hemograma completo, coagulograma, cardíacos e de imagem;
  • Seguir as recomendações pré-cirúrgicas indicadas, como jejum, suspensão de alguns medicamentos, evitar tabaco e bebidas alcoólicas e outras.

No pós-cirúrgico também existem algumas recomendações que contribuem na recuperação mais satisfatória do paciente, como:

  • Fazer repouso de cerca de uma semana, de acordo com as orientações;
  • Não pegar peso ou fazer esforço físico;
  • Fazer uma dieta leve e rica em fibras para prevenir a prisão de ventre;
  • Tomar apenas a medicação prescrita que inclui analgésicos, antibiótico e anti-inflamatório.

Qualquer dúvida sobre o pré ou pós-operatório e informações referentes à cirurgia de hérnia incisional devem ser conversadas com a equipe médica antes do procedimento. Saiba mais sobre a hérnia incisional aqui!

Fontes:

Hérnia Clinic.