Fale conosco pelo WhatsApp

Cuidados após a Hernioplastia

Hernioplastia: Mulher com hérnia
09jan, 2020

Hernioplastia é o nome dado ao procedimento padrão para corrigir uma falha existente na parede abdominal, sendo recomendada para todos os tipos de hérnia que afetam o revestimento muscular que dá sustentação aos órgãos presentes na região. Por intermédio da cirurgia de hérnia, é possível eliminar a abertura e impedir que ela traga complicações.  

A cirurgia de hérnia pode ser realizada por meio de diferentes técnicas, sendo que a mais adequada depende da condição clínica do paciente e da localização da hérnia a ser tratada. As técnicas possíveis para a hernioplastia variam entre cirurgia aberta (convencional), laparoscopia e cirurgia robótica.

Hernioplastia: quando é indicada e como é feita?

O tratamento da hérnia abdominal é feito com o auxílio da hernioplastia (intervenção cirúrgica), independentemente da região acometida. O uso de medicamentos, neste caso, é útil apenas para controle de sintomas comuns — como dor e náuseas — e para garantir um pós-operatório livre de infecções e com o mínimo possível de desconfortos.

Como foi citado, existem três maneiras de realizar a cirurgia de hérnia (cirurgia aberta, videolaparoscopia e cirurgia robótica), e o método terapêutico mais adequado varia de acordo com as características clínicas e histórico médico do paciente, além do tamanho e localização da hérnia.

Em todos os protocolos, o procedimento consiste em acessar a área afetada, devolver as estruturas à cavidade abdominal e fechar o orifício causador do problema. Na maioria dos casos, a colocação de uma malha cirúrgica é indicada para reforçar a parede abdominal e evitar reincidências.

Principais cuidados após hernioplastia

O pós-cirúrgico da cirurgia de hérnia varia de acordo com a técnica adotada, o tipo e o tamanho da hérnia que foi operada. Em geral, a recuperação é gradual e o paciente não demora mais do que duas semanas para retornar às suas atividades cotidianas — desde que elas não incluam levantamento de peso ou atividades físicas intensas.

Os principais cuidados que o paciente precisa adotar após a hernioplastia são:

  • Ficar em repouso;
  • Consumir alimentos com alto teor de fibras para evitar a prisão de ventre;
  • Não carregar peso ou praticar exercícios físicos;
  • Tomar todos os medicamentos prescritos pelo médico;
  • Beber água.

Recidiva após cirurgia de hérnia

Embora o risco seja pequeno, existe a possibilidade de o problema voltar após a realização da hernioplastia. Isso pode acontecer por conta de uma série de fatores que envolvem a técnica cirúrgica aplicada e as causas que levaram à formação da hérnia, tais como as características do paciente, sua anatomia e o tipo de atividade desempenhada por ele.

No passado, as primeiras cirurgias de hérnia consistiam apenas no reposicionamento dos órgãos envolvidos e sutura para fechar a abertura na parede abdominal. Uma vez que os tecidos são frágeis e podem se romper novamente, havia uma considerável chance de recidiva após este procedimento, especialmente se os fatores de risco para o desenvolvimento da hérnia não fossem eliminados. Nesses casos, era necessário realizar uma nova hernioplastia.

Com a aplicação da tela cirúrgica, porém, as chances de que a hérnia volte foram minimizadas. Apesar disso, ainda é essencial que os pacientes sigam à risca os cuidados pós-operatórios e estejam atentos às condições que podem favorecer o aumento da pressão intra-abdominal. Os principais fatores de risco que demandam atenção para a recidiva da doença são:

  • Obesidade;
  • Tabagismo;
  • Infecções;
  • Gravidez;
  • Infecções pulmonares crônicas;
  • Levantar peso ou fazer um grande esforço abdominal;
  • Doenças de colágeno.

Um médico especializado em hernioplastia pode fornecer informações mais precisas sobre os cuidados necessários para evitar hérnias recidivadas. Entre em contato com nossa equipe de cirurgiões da centro especializada em hérnias Hernia Clinic e agende uma consulta.

Fontes:

Hérnia Clinic;

Sociedade Brasileira de Hérnia e Parede Abdominal.