Fale conosco pelo WhatsApp

Dor na virilha pode ser hérnia?

Homem com dor na virilha
15dez, 2021

Dor na virilha pode ser hérnia, mas outros sintomas associados também devem ser considerados uma vez que diferentes problemas de saúde resultam em dores e desconfortos no local

Uma dúvida comum é se a dor na virilha pode ser hérnia, mas qualquer afirmação nesse sentido exige cautela, uma vez que diferentes condições podem ser associadas a esse sintoma.

A hérnia consiste em um orifício que surge na parede abdominal causando o extravasamento de parte do conteúdo interno do abdômen. Entre os sintomas da hérnia abdominal está a dor na virilha (nesse caso, a hérnia é chamada de inguinal), mas a confirmação do diagnóstico demanda uma investigação mais ampla.

Confira a seguir se a dor na virilha pode ser hérnia e quais outras condições estão associadas a esse sintoma.

Dor na virilha pode ser hérnia?

Sim, a dor na virilha pode ser hérnia inguinal, sendo esse um dos sintomas que permitem a primeira suspeita em relação à condição e demanda investigações mais detalhadas.

Apesar de a dor na virilha poder ser hérnia é importante considerar que uma série de outras condições pode ter relação com esse sintoma, como:

  • Distensões musculares nos músculos flexores ou adutores do quadril;
  • Hérnia de disco lombar;
  • Artrose, que consiste no desgaste das articulações;
  • Dores testiculares e patologias do sistema geniturinário nos homens, incluindo varicocele, torção, prostatite, epididimite e outras;
  • Endometriose e outras alterações ginecológicas nas mulheres, como cisto ovariano;
  • Tumores;
  • Linfonodos aumentados, também chamados de ínguas;
  • Osteonecrose na parte superior do fêmur;
  • Apendicite;
  • Trauma no fêmur;
  • Tendinites ou bursites;
  • Quadros de infecção urinária;
  • Pedra nos rins;
  • Pubalgia, pubeíte ou osteíte púbica, que é como é chamada a dor na virilha.

Portanto, apesar da dor na virilha poder ser hérnia é importante considerar os demais sintomas associados e, se necessário, investigar essas demais patologias que podem causar o mesmo sintoma.

Quais os sintomas da hérnia inguinal?

Ainda que a dor na virilha seja um dos sintomas da hérnia inguinal ele não é o único e nem o mais importante de ser considerado. Outros sinais incluem:

  • Protuberância: a hérnia inguinal consiste em um extravasamento do conteúdo interno da parede abdominal, manifestando-se como uma protuberância ou abaulamento da região da virilha. Essa manifestação é o indício mais comum de hérnia;
  • Inchaço na virilha: por conta do abaulamento e da sensibilidade na região, a hérnia pode resultar em um inchaço no local;
  • Queimação ou dor: também são sintomas associados à hérnia inguinal uma sensação de queimação ou dor na virilha, especialmente ao se fazer força, o que aumenta a pressão intra-abdominal. Dessa forma, a dor na virilha pode ser hérnia, principalmente quando ocorre ao tossir, levantar peso ou curvar-se;
  • Sensação de peso na virilha: um sintoma comum da hérnia inguinal é a sensação de peso na virilha constantemente, como se houvesse algum objeto posto sobre o local.

Ainda que esses sintomas possam indicar que a dor na virilha pode ser hérnia, o diagnóstico médico é necessário.

Como é feito o diagnóstico da hérnia?

Caso a dor na virilha esteja presente, mas o abaulamento típico da hérnia não seja localizado e o exame físico, mais comum na confirmação dos casos de hérnia inguinal, seja inconclusivo, outras abordagens tornam-se necessárias.

Nesses casos, o médico pode solicitar exames como o de ultrassom para verificar se a hérnia está presente ou mesmo exames mais complexos, como a ressonância magnética, visando descartar que a dor é resultante de fatores ósseos ou musculares.

Com o conjunto de exames, físico e de imagem, será possível confirmar o diagnóstico e assim encaminhar o paciente para o tratamento mais adequado.

Portanto, a dor na virilha pode ser hérnia, mas sintomas associados e investigação médica especializada são sempre necessários para diagnóstico de qualquer patologia. Agende sua consulta aqui.

Fontes:

Hernia Clinic

MSD

Deixe uma resposta