Fale conosco pelo WhatsApp

Veja o que fazer no pós-operatório da hérnia inguinal

imagem ilustrativa de uma cirurgia de hernia inguinal
07abr, 2022

Com recuperação consideravelmente rápida, o pós-cirúrgico da hérnia inguinal exige alguns cuidados

A hérnia inguinal é um tipo de protuberância que acomete a dores na região da virilha, sendo mais comum em homens. Muitas vezes, é necessário realizar uma intervenção cirúrgica para resolver esse problema. Portanto, acaba sendo comum que muitos pacientes se preocupem com todos os aspectos da cirurgia, como por exemplo o pós-operatório da hérnia inguinal.

É muito importante realizar um procedimento cirúrgico para controlar o avanço da hérnia inguinal. Quando presente em adultos, essa doença pode trazer complicações quando não tratada. Mas realizar a cirurgia não basta: é preciso seguir as recomendações médicas durante o pós-operatório da hérnia inguinal. Conheça mais detalhes sobre o procedimento abaixo!

Causas da hérnia inguinal

Não é incomum que a hérnia inguinal seja silenciosa, o que leva muitos pacientes a descobrirem a existência da doença somente em uma consulta de rotina. No entanto, na maior parte dos casos, os sintomas de hérnia inguinal configuram uma tumefação na parede do abdômen, que acaba ficando mais perceptível durante uma atividade que demande esforço físico.

A tumefação costuma crescer de maneira gradual, mas as velocidades de evolução variam de acordo com cada paciente. Além da tumefação, é possível observar sensação de dor ou queimadura, sensação de peso ou aumento do volume na região do saco escrotal.

Antes de saber como funciona o pós-operatório da hérnia inguinal, é preciso entender também quais são as principais causas da doença. Embora não exista uma razão concreta para o seu surgimento, existem casos provocados pelo aumento constante da pressão abdominal, como tosse frequente, levantamento de peso, gravidez ou obesidade.

Além do mais, o fator genético também pode ser determinante para o aparecimento de alguns casos.

Afinal, como funciona o pós-operatório da hérnia inguinal?

A cirurgia é considerada o melhor tratamento para corrigir o problema. Portanto, atente-se aos cuidados recomendados pelo médico durante o pós-operatório da hérnia inguinal.

O procedimento cirúrgico é de médio porte e costuma ter uma recuperação razoavelmente rápida, com baixo risco e um bom índice de satisfação. Em geral, o tempo para se recobrar em casa costuma ser curto, exigindo apenas repouso relativo e consumo de medicação analgésica prescrita pelo cirurgião nos primeiros dias.

Durante o pós-operatório da hérnia inguinal, o paciente não precisa ficar de cama. Nos primeiros dias em casa é bom caminhar e se sentar, já que não existem restrições de movimento. Após a primeira semana, geralmente é permitido iniciar algumas rotinas fora de casa como por exemplo dirigir, desde que não existam inchaços na região operada e não esteja com muita dor as movimentações.

No entanto, é de fundamental importância evitar esforços, como levantar objetos do chão, ou carregar pesos durante um período de quatro a seis semanas a partir da alta hospitalar. Isso faz com que a cicatrização seja adequada, permitindo que a área submetida à cirurgia possa suportar um maior esforço com o tempo.

Embora o ideal seja que o paciente busque sempre manter uma alimentação equilibrada e rica em fibras, não existe a necessidade de se manter nenhuma dieta específica para o pós-operatório da hérnia inguinal. Nos primeiros dias e enquanto estiver utilizando medicações, convém evitar alimentações pesadas e bebidas alcoólicas.

Atente-se também ao fato de que alguns desconfortos na região inguinal e sensibilidade no testículo são sintomas comuns nos primeiros dias depois da cirurgia. Também é recorrente que a região fique inchada ou pouco arroxeada, situação que pode ser controlada com compressas e cuidados locais.

Em geral, o paciente deve ter uma consulta de retorno com o cirurgião alguns dias depois do procedimento. Todavia, é extremamente importante buscar ajuda médica no caso de sentir qualquer mal-estar ou sintoma atípico durante o processo de recuperação.

Todas essas informações são genéricas. Cada cirurgia e cada paciente tem suas particularidades, portanto, para ter uma orientação mais assertiva, converse com o seu cirurgião.

Conheça mais sobre outros tipos de retirada de hérnia realizados na Hernia Clinic, entre em contato e agende sua consulta.

Fontes:

Hernia Clinic

Sociedade Brasileira de Hérnia e Parede Abdominal